BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

ACE.

Estava escuro. Por dentro e por fora. Diferente. Mobília fora do lugar, novamente. Pedaços que antes tinham sido remendados pela cola do tempo, esperneavam sem vontade de voltarem ao seu lugar. Mobília velha. Doía. As partes decorativas não mais estavam unidas, e para junta-las, doía. Não tinha luz. Mas Alice optara por isto ao cair na toca do coelho. Estivera o tempo todo ciente dos males vindos com a rainha vermelha. Aceitara. De bom, muito bom grado. Era um labirinto. Talvez de mobílias velhas. Pobres mobílias velhas. Palavras que embaralhavam-se umas nas outras. por culpa de Alice. Destemida Alice. Que lutou, lutou, e chicoteada foi por si mesma. Em um passado não tão distante, eram possibilidades apenas. Pontos brilhantes que ora apareciam ora não. Alice já acostumara a correr atrás do coelho. Suas pernas, já estavam cansadas. Não havia um ser que de Alice e suas obras entendesse. Um tanto humilhante para a loira de tiara branca, pois cascatas jorravam esplendorosamente por dentre seus gigantescos cílios. Mesclando felicidade. Talvez. Eram belas. Cintilantes. Mas Alice não gostava delas, queria o coelho achar. O breu refletia naquele espelho meia lua vindo de presente na época natalina passada. Por hora, ela também buscava o chapeleiro. Mas já não era tempo. Devia apressar-se. Correr para da toca sair. Mas a mobília, ainda fora do lugar, de nada adiantava. Alice permaneceu. Só. Rodar em círculos talvez já não fosse tão necessário, já que o chapeleiro para a rainha vermelha sucumbiu. Doía. Já que não tinha luz. Parabéns coelho. Alice te ajudou a escapar. E a ela, quem ajudará?

12 comentários:

Pobre esponja disse...

Que boa breve releitura de Alice no país das Maravilhas. Manda muito bem no texto. Li outras coisas também, e pretendo voltar mais vezes.

abç
Pobre Esponja

Rafael Bardo disse...

Show sua releitura. Gostei de verdade!

Mateus Costa Luz disse...

Curti muiiito o texto!
Alice é sempre bom...
Vou seguir... ^^
Sucesso ae, e parabéns!
http://guardeparaosdiasdechuvadirrty.blogspot.com/

Pâmela disse...

eu adorei a releitura, particularmente eu amo a alice *-*
ficou bom mesmo!
vou seguir e espero retorno :)


http://blog-adversativo.blogspot.com/

Fabiano Che disse...

Massa mesmo.


Possp fazer uma crítica construtiva?
(Balance a cabeça em sinal de confirmação)

Deixe os textos justificados e separe os parágrafos, do jeito que está fica meio massante de se ler.

Não que eu seja seu pai, irmão mais velho ou guru espiritual para te dar conselhos.

Losterh disse...

Ah,
Essa Alice destemida do Tim Burton. Tô puta com o que aquele fidaputa fez com um dos meus livros favoritos. ¬¬

Mas o seu texto não tem culpa disso.

Lissandra disse...

Muito boa, principalmente sobre uma coisa tão cheia de fantasía que merece muita consideração. Parabéns gostei muito desta e de todas outras postagens.

Snakeman Tenko disse...

Gostei muito do texto, muito bom mesmo...

Estou seguindo...

http://bizzarr0.blogspot.com/

Silvia Oliveira disse...

Curti demais!Você mandou muito bem nesse texto.
http://pensamentodemundo.blogspot.com/

Menino Fabuloso disse...

eu amo Alice' (♥)
tah linduú esse texto!

kakashi disse...

adorei o resumo...
Sucesso pra você

Hocus Pocus disse...

Ficou boa pra caramba a sua interpretação de Alice, gostei muito do seu estilo de escrever, adoro esses textos que deixam um ar de dúvida no final. Obrigado por ter passado lá em meu blog também, já estou te seguindo como "O Metaleiro".
Valeu!