BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

domingo, 12 de setembro de 2010

passado.

antigas lembranças, encontradas no fundo baú de minhas memórias. deguste-as, essas palavras possuem um gosto bom, são banhadas naquele antigo amor.


"Fragmentos de uma apaixonada.

As horas passam e eu não saio da beirada da janela. Pergunto-me a que instante chegará querido, não sei por que tanto demoras. O chá já está à mesa, vesti azul, sua cor favorita. Deixei meus cabelos soltos ao vento dessa manhã para que pudesse sentir o cheiro de jasmim, a essência de meu amor. Já me peguei tantas vezes esticando o pescoço para poder olhar a esquina, e nada de você. Sonhei tanto com este momento, já faz tempo que não o vejo, e minha barriga está tomada por borboletas, até coro. Conforme se passam os minutos perco as esperanças querido, acho que não será hoje que desfrutarei de sua companhia. Mais queria. Queria poder acariciar suas mãos, beijar de leve seu pescoço e te deixar arrepiado. Queria aninhar-me em teus fortes braços e deitar a cabeça em seu ombro enquanto admiramos o entardecer, queria meus lábios desenhando os seus daquela forma que desfrutamos verão passado, queria você para sempre ao meu lado. Joguei-me na cama já desanimada, sem esperanças, senti meu coração apertar-se em três, e as borboletas aos poucos indo embora. O azul, não mais importava. O chá já esfriara. E você não chegava meu amor. “Por quê? Acho que não sou tão digna assim de tua companhia, ou então, desistiu... De nós.” Agarrei o travesseiro como se fosses tu. Brinquei com as frases que deslizavam pela minha mente, arranquei aquele vestido de mim, apenas uma camisola serviria para uma manhã sozinha. O sol já se escondia, e nada. E logo hoje, a rua fora ficar excepcionalmente vazia. Notoriamente vazia. A essa altura o chá já perdera o gosto da minha paixão efervescida. E novamente nenhum rastro seu, ou ao menos um telefonema, nada. O amor nos corrói pouco a pouco, nos leva ao mais alto céu, regras são desrespeitadas pelo coração e constantemente ilusões são projetadas na mente daquele que tudo quer. Inocente e abobalhado. Assim é descrito o apaixonado. Queixei-me de uma dor intima. Queria você aqui para cuidar de mim, me oferecendo aquele colo aconchegante e mãos desastradas que deslizavam pelos meus cabelos emaranhados, me fazendo rir. Queria noites ao seu lado, mãos entrelaçadas, olhares compreensivos e carinhos que a muito não reconheço. Mas querido, se eu não tivesse tudo isso, não importaria, queria ter você, só você. Anoiteceu, já decididamente caminhei para o encontro da realidade. Deitei e sonhei... Com você. Senti meus pés frios formigarem, meu corpo todo mais parecia estática e percebi que o sonho era bom. Mas ao acordar, vi a mais linda sombra no peitoril de minha janela, admirando o sol que se pusera há pouco. Corri ao seu encontro, tropecei, e ri de mim mesma. Encontrei seus lábios. Doces e macios, do jeitinho que me lembrava. Seus braços me acolheram, ele sentiu o jasmim, viu o azul jogado no chão, riu, e sussurrou: “desculpe querida, me atrasei, quero-te mais que tudo, perco-me em teus olhos cor de mar e só sei em você pensar. Não consigo mais nada fazer, tive que vir aqui, meu coração pedia você e acho que não posso desrespeita-lo. Ele manda em mim, ele é seu, só seu.” Balancei a cabeça, sorri e gritei interiormente que era um sonho bom, a ilusão de uma apaixonada.

Fragmento retirado de uma memória quase esquecida. "

“Gossip Girl.”

8 comentários:

ShiBel disse...

Legal seu blog!

Elmo Freitas disse...

Putz!
Fiquei arrepiado!
Parabéns!

Branca disse...

Lindo!!! De verdade querida, texto perfeito!!

Cena de cinema ^^^


Bjinhos

adorei sua visita ^^

Branca disse...

Sigo com gosto!!

Anna Beatriz disse...

Nossa, fantástico esse trexo!
beijão!

CristaL. disse...

Legal o texto, mas bem triste! rsrsrs

Bjão!

www.brincandodefazerpiada.blogspot.com
sequiser rir um pouquinho, passe lá!

Madonna Turnner disse...

Olá, adorei seu blog, bem elaborado e textos perfeitos.
Estou te seguindo, me segue lá também...
http://madonna-turnner-cardoso.blogspot.com/

Clube do Filme disse...

Parabens.. seu texto ficou muito bom!!..

Na verdade, todo o blog é bom..

Abraço...